Terça-feira, 25 de Novembro de 2014
publicado por JN em 25/11/14

IMG_5647.JPGQuanto ao senhor Manuel, demorei a dar por ele. Contratara um mestre para me erguer um muro de pedra sobre pedra – apenas mais uma tentativa de vedar a horta ao assédio dos coelhos bravos, hei-de contar sobre isso também – e ele trouxera um ajudante. Detectei de imediato o seu olhar terno e coleccionei com alguma solidariedade as informações de que tinha 47 anos, sofrera um AVC há três e agora usava luvas ao manusear as pedras, porque tempos antes apanhara uma leptospirose. Mesmo assim, julgava que se chamava João.

Até que, ao fim de uns dias, veio sozinho e, ao chegar-se o almoço, fui oferecer-lhe uma cerveja. “Corre tudo bem?”, perguntei, olhando em volta para o espalhafato de basalto e fonas-de-porca esmagadas. “Corre e agora ainda vai correr melhor!”, respondeu-me num triunfo, o olhar malandro de quem, enfim, se rebela. Ia começar a melhor parte do seu dia. O instante sublime. A qualidade de vida. Sentara-se num tronco e dispusera sobre um paninho uma lata de sardinhas, um pedaço de pão e uma marmita – um Tupperware, diria um lisboeta – com dois ovos cozidos que a mulher lhe descascara.

Perguntei-lhe o nome. Chamava-se Manuel e referiu-se à esposa – aqui diz-se esposa, e é bonito – como há muito eu não via um homem referir-se.

Torga anda comigo desde o primeiro dia, como um oráculo, e é-me útil. Mas, no dia em que eu deixar de comover-me com um homem que ama a sua mulher e come sardinhas em lata e isso basta-lhe, não quero continuar vivo. Que venha a negra da gadanha e, por misericórdia, me ponha a salvo da miséria.

Diário de Notícias, Novembro de 2014

comentar
| partilhar
6 comentários:
De Bruna Aguiar Melo a 25 de Novembro de 2014 às 10:25
Daqueles textos lindos que nos deixam a pensar que o melhor da vida são mesmo as pequenas coisas, e todas aquelas que não se podem pagar...
A simplicidade é tão valiosa como ouro!
De JN a 25 de Novembro de 2014 às 10:30
:) obrigado, Bruna
De pedro rui a 25 de Novembro de 2014 às 11:29
Sem palavras...
De JN a 25 de Novembro de 2014 às 11:40
:)
De susana gardete a 26 de Novembro de 2014 às 08:04
Obrigada por escreveres. Partilhares em palavrinhas aquilo que sentes é muito generoso.
Estou farta (acho que estamos todos fartos) das histórias vazias que nos violam a propriedade privada e se sentam connosco à mesa na hora do jantar, arrogantes e sem maneiras, nos envergonham à frente dos filhos que pretendemos criar com valores morais em que acreditamos (ainda).
São estas as histórias de que sentimos falta.
De JN a 26 de Novembro de 2014 às 11:02
Muito obrigado, Susana. Sabe muito bem ouvir isso.

Comentar post

Joel Neto


Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974, e vive entre a freguesia rural da Terra Chã, na ilha Terceira, e a cidade de Lisboa. Publicou, entre outros, “O Terceiro Servo” (romance, 2000), “O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas” (contos, 2002), “Banda Sonora Para Um Regresso a Casa” (crónicas, 2011) e “Os Sítios Sem Resposta” (romance, 2012). Está traduzido, editado e/ou representado em antologias em países como Inglaterra, Polónia, Brasil, Espanha e Itália. Jornalista de origem, trabalhou na imprensa, na televisão e na rádio, como repórter, editor, autor de conteúdos e apresentador. Hoje, dedica-se sobretudo à crónica, ao diário e à crítica, que desenvolve a par da escrita de ficção. (saber mais)
Moradas
no facebook
pesquisar neste blog
 
livros de ficção

Os Sítios Sem Resposta
ROMANCE
Porto Editora
2012
Saber mais
Comprar aqui


"O Citroën Que Escrevia
Novelas Mexicanas"

CONTOS
Editorial Presença
2002
Saber mais
Comprar aqui


"O Terceiro Servo"
ROMANCE
Editorial Presença
2002
Saber mais
Comprar aqui
outros livros

Bíblia do Golfe
DIVULGAÇÃO
Prime Books
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Banda Sonora Para
Um Regresso a Casa

CRÓNICAS
Porto Editora
2011
Saber mais
Comprar aqui


"Crónica de Ouro
do Futebol Português"

OBRA COLECTIVA
Círculo de Leitores
2008
Saber mais
Comprar aqui


"Todos Nascemos Benfiquistas
(Mas Depois Alguns Crescem)"

CRÓNICAS
Esfera dos Livros
2007
Saber mais
Comprar aqui


"José Mourinho, O Vencedor"
BIOGRAFIA
Publicações Dom Quixote
2004
Saber mais
Comprar aqui


"Al-Jazeera, Meu Amor"
CRÓNICAS
Editorial Prefácio
2003
Saber mais
Comprar aqui
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
tags
arquivos
links